Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Vivo


Portanto, amo.
O que seria da vida
Sem o amor que a acalenta?
Amor pelos filhos, pelos pais, amigos
E até os animais.
E quando se sofre por amor?
Não  existe amor sofrido,
Existe aquele que não é correspondido.
Viver é isso.
É amar com ou sem compromisso.
É amar até mesmo essa vida onde se ama
E não se é correspondida.
Portanto, vivo.
Vivo sim! E amo a vida.

Jacinta Santos 28/01/11

Um comentário:

Fique há vontade, pode comentar.