Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Fragmentos

Dos fragmentos de mim
Trago nas lembranças do Ser.
Em cada cicatriz deixada
Confirmo em histórias rasgadas.
Fragmentos de amores vividos,
Amores não correspondidos,
Dos que foram interrompidos,
Daqueles que não foram vividos...
Dos fragmentos de mim 
Derramamento de lágrimas...
Dores, horrores, momentos sofridos,
Amores vividos.
Sentimentos que se refazem,
Páginas viradas.
Amores vêm,amores vão.

Jacinta Santos 
16/10/2015

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Aonde estou? Volta!!

Estou a procura de mim / Sair num final de tarde / Era quase escurinho...
O frio que faz aqui dentro /
Congela meu coração /
É que o físico continua aqui e a essência saiu e esqueceu de mim...
 

Jacinta Santos
abril/2015

domingo, 1 de março de 2015

Coração

O coração é um esperto/ Vive driblando a razão/ E quando encontra sua maior emoção/ vence a razão pelo cansaço/ Viaja pelo mundo da ilusão/ Faz farra nos salões da emoção e esbalda no maior dos sentimentos... O amor. Aaaahh, o amor!!!



Jacinta Santos
Fevereiro 2015

domingo, 18 de janeiro de 2015

Amar...

Amar é perceber a brisa que chega devagar... é sinhar, suspirar só de lembrar o sorriso amado...Amar é se entregar com respeito, é respeitar as diferenças e aceita-las sem medo de ser feliz. Amar é querer está junto, colado, mas... escolher deixar livre para que venha e se entregue em seus braços...

Meu amor e eu.


Jacinta Santos17/01/15

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

ACRÓSTICO JACINTA SANTOS


ACRÓSTICO JACINTA SANTOS

Daniel L Oliveira
Formatura em 2012. Letras-português/francês. JacintaSantos



 
 Junto à sua linda história
 Algo fica ressaltado
 Com destaque sua “etnia”,
 Indo além de qualquer memória
 No passado e no presente
 Tão rica trazendo sementes
 Ao futuro reservado!

 Sonhadora por natureza,
 Alma pura que exprime beleza
 Nada vai lhe perturbar.
 Tens o destino traçado,
 Onde já está determinado,
Sentir... Sorrir... e Amar!