Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Silêncio de amor...


Quando perdemos a noção de nós
Quando o coração cala nossa voz
E queremos apenas estamos a sós
É nesse momento que precisamos
Do apoio de quem tanto amamos
 
Para renovarmos as nossas forças
Não é que a dor vá sumir a força
Coração ferido só sara com amor

Quando o coração chora e chora
Por um amor que disse adeus
 
Ele trava para esquecer a dor
Silêncio reina no peito sofredor
Amor, amor, amor, amor e...
Amor...
Como explicar o amor?...
Silenciar de tanta dor ou

Colar pra fora tudo que
O que te faz calar?
 
 
Jacinta Santos
14/12/12

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique há vontade, pode comentar.