Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Nostalgia


Saudade do som da tua risada



Aquela risada gostosa, espontânea



Saudade da tua conversa faceira



De está ao teu lado



Mesmo sem dizer nada



Saudade de estarmos juntos

Na sombra da árvore frondosa



No quintal da casa abandonada



Aonde aconteciam os primeiros encontros



Nos tempos de adolescentes



Saudade de segurar tua mão

De olhar em teus olhos



E sorrir com tamanha emoção



Saudade de sentir teu cheiro



Dos nossos encontros ligeiros



Do medo da descoberta dos pais



Saudade dos encontros nos cais

De você cantando pra mim



Canções de amores possíveis



Saudades de um amor que ficou



Nos tempos dos sonhos possíveis...

 




Jacinta Santos



05/12/12





2 comentários:

Fique há vontade, pode comentar.