Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Um raio de Luz chamado Ray Nascimento



Um ser que o Criador (Deus) conduz
e que na imensidão de sua misericórdia
colocou-a entre nós.
Peço então ao Criador permissão
para em formas de versos
deixar aqui nesse plano
a minha admiração por você,
que resplandece luz
nos corações que te conhece.
Peço também ao universo
inspiração para os meus versos.
Que o rei sol ilumine as palavras
que a ti dedico agora.
Que teu o brilho seja sempre intenso
como o brilho do luar.
Que a tua felicidade seja guiada
por Deus nosso senhor.
Que a força que te ilumine
seja sempre a do amor.
Que o dom que Deus a te concedeu
Se renove a cada amanhecer;
Que o teu coração traga sempre a certeza
Que os anjos são companheiros
dos que a Deus entregam sua dor.
E que na imensidão do criador
Você foi escolhida para semear o amor.

Para minha amiga Ray Nascimento (poetisa desse recanto e que a todos encanta), que com sua amizade ajudou a transformar a minha vida, que é um ser humano maravilhoso e uma mulher guerreira, abençoada por Deus e amada por quem a conhece. Que é sim uma “coca-cola toda” e que eu aprendi a amar.

Jacinta Santos 03/10/2011












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique há vontade, pode comentar.