Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Para quebrar as regras do destino só se for para viver um amor

Quem disse que temos que segui as regras,
essas que o destino rege?
Se temos livre arbítrio podemos mudar o destino,
se somos poetas de coração, somos então andarilhos
percorrendo os caminhos da emoção,
não nos prendemos ao que não interessa
somos livres, somos poetas.
Falamos de sensações.
estamos aqui e ali,
vamos  onde o nosso coração pedir.
Não nos prendemos ao supérfluo.
Mas, nos agarramos aos sonhos
que alimentam a alma.
Se nos prendemos é somente
ao sentimento sublinhe que rege os corações
dos que fazem ou não fazem rimas,
que acalenta corações sofridos
e derrete um coração  gelado,
sentimento poderoso, um “tal” chamado amor.
Por esse sentimento vale mudar qualquer destino
 e fazer valer o nosso livre arbítrio
na escolha de ser feliz com o nosso verdadeiro amor.
Jacinta Santos
03/10/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique há vontade, pode comentar.