Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Ressaca de mim



Ressaca de mim
Sabe quando o coração sufoca de dor?
E a saudade te faz companhia durante todo o dia?
O amor é assim: te faz ri, te tira o ar, te faz flutuar.
É como um punhal de dois gumes.
Se por um lado ele te faz delirar
Pelo o outro lado te enche de dor.
Basta quem amamos nem nos notar.
Neste momento estou com ressaca de mim,
Poderia ser ressaca de amor.
Mas, é ressaca de me ver sofredor.
Não suporto mais meu coração chorando
Por quem nem o notou de verdade.
A cama está dispensando minha companhia.
Suspiros de saudades, suspiros de dor, desamor.
Estou com ressaca de mim.
Ressaca da dor do amor.
 
O mesmo amor que me fez sorrir

Hoje me causa tanta dor.
Preciso com urgência de remédio
Para cura uma grande dor de Amor.

Jacinta Santos
24/03/12


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique há vontade, pode comentar.