Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

domingo, 24 de abril de 2011

Ventos...



O mesmo vento que te trouxe,
sem cerimônias te levou.
Não perguntou se te queria aqui.
Apenas te trouxe e numa calmaria
retirada alvorecerdaliberdade.blogspot.com
te deixou ficar .
Acostumei com tua presença.
Aprendi a te amar.
Na verdade eu nem sei se aprendemos a amar,
Só sei que te amei.
E por um momento acreditei no teu amor...
Então, o mesmo vento que te trouxe
voltou e te levou, nem se importou
com os meus sentimentos,
nem tão pouco ouviu os meus lamentos.
Hoje sei que ventos passam em nossa vida
alguns demoram, outros simplesmente passam
como um sopro bem devagar.
Por mais que não queira admitir,
você simplesmente passou.
E eu, eu nem sei se me amou.

Jacinta Santos
22/04/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique há vontade, pode comentar.