Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

QUANDO VOCÊ SE FOI

Quando você se foi
Olhou-me nos olhos disse adeus e partiu.
Nem se importou com a dor que explodiu em meu peito.
Dor que ainda hoje rasga meu Ser
 fazendo fragmentos de sofrimentos.
Quando você se foi...
Levou a alegria do meu viver,
fez meus dias amanhecerem entorpecidos de tristeza.
Manhãs apáticas...
Tardes sem graças...
Noites longas...
Sonhos rompidos...
Nada mais tem sentido...
Quando você se foi...
Jogou-me ao vento.
Ainda estou ao relento
buscando abrigo para meus sentimentos,
todos sofridos...
O frio da solidão vagueia em meu peito...
Ando sem direção...
Você se foi...
Ainda recordo o teu olhar gélido na hora da partida.
Sei que foi melhor assim,
por que quando você partiu
há muito tempo não estavas mais aqui...

Jacinta Santos
25/12/11

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique há vontade, pode comentar.