Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

NOIVA

Entra esplendorosa...
Com todo glamour de uma noiva...
Nas mãos um lindo buquê
que exala o perfume das rosas...
A multidão que se levanta...
O som corta o vento e toma conta da sacristia...
Coração eufórico...
retirada noivasemalta.fashionblog.com.br
Pé ante pé ela segue rumo ao destino escolhido...   
Sorriso nos lábios...
Lágrimas que rolam...
Típico das noivas apaixonadas...
(E todas as noivas não apaixonadas?
Não, algumas se casam enganadas
por seus próprios sentimentos).
... Segue rumo ao amor.
Na porta que fica ao lado da sacristia,
um coração infeliz derrama copiosas lágrimas...
Perdeu seu amado para uma noiva
que fingi muito bem amar alguém que a espera no altar.



Jacinta Santos
27/12/11

Um comentário:

  1. Olá.

    Só agora, encontrei um tempo para visitar teu blog (sabe como é essas correrias de fim de ano, não é?).
    Parabéns pelo teu cantinho... já estou seguindo e com certeza, lerei muitos textos teus tanto aqui quanto no Recanto das Letras.

    Parabéns, bom a no novo para ti e até as próximas leituras.

    ;D

    ResponderExcluir

Fique há vontade, pode comentar.