Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Seco...

Foto retirada do Campus II (UFG)

Seco de amor.
Seco de paixão.
Isso sem falar na compaixão.
Não olha pros lados.
Não vê o teu irmão.
Seco de gratidão,
cheio de ingratidão.
Seco...
Seco, casmurro...
Reclama do mundo...
Seco de alegria...
Seco de amor...
Cheio de dor...
Seco...
Te falta a cor
da pétala da flor,
do colorido arco-íris,
da alegria da vida...
Seco sem valor...
Sem o valor do amor.
Seco...

Jacinta Santos 21/07/2011











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique há vontade, pode comentar.