Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017



E quando não caibo mais em mim extravaso em rimas... viro belos versos de poesia... sou letras soltas no papel em branco do poeta... sou a dança que balança a caneta azul marinho... sou seus pensamentos jogados ao vento doce do amor... sou a junção do pensamento poético com o prateado da lua... derramo-me no universo dos pensamentos dos seres que utopicamente deixam o mundo real menos real...


Jacinta Santos
24/11/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique há vontade, pode comentar.