Poetizar

Poetizar
Às vezes faço versos, às vezes me faço versos!

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Um quê de domínio e dominada...


Quando sem a menor cerimonia enfiou a mão por baixo de minha blusa

E apertou meus seios olhando-me nos olhos e deixando escapar suspiros de desejos,

Senti-me dominada, sem forças para resistir...

Mas, aquele teu olhar de desejo e os suspiros profundos me fizeram perceber que poderia fazer o que eu quisesse contigo.

E fiz...

Arranquei tua mão atrevida de dentro de minha blusa,

Empurrei teu peito com toda força que tinha e derrubei-te em cima do velho banco

E sem cerimônia montei em teu corpo e cavalguei-te livre e leve como uma pluma.


Um quê de domínio e dominada...

 
Jacinta Santos
26/10/12

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique há vontade, pode comentar.